O ar que você respira é cheio de partículas muito pequenas para chamarem sua atenção - mas grandes demais para serem eliminadas pelas suas lágrimas. Você perceberá caso um corpo estranho entre em contato com o seu olho.

Um corpo estranho pode ser uma partícula de poeira, pólen, areia ou algo maior - e mais sério. O cloro de uma piscina, por exemplo, pode ser um agente irritante.

Uma importante causa de corpos estranhos são acidentes de trabalho ou em atividades domésticas. O uso de óculos de proteção sempre que houver a possibilidade da criação de partículas é imprescindível.

Como eliminar corpos estranhos do seu olho?

Para remover partículas superficiais, como pólen e pó, ou água clorada, lave seu olho abundantemente com um produto indicado pelo seu especialista. No entanto, você nunca deve tocar o corpo estranho. Se, depois de lavar o olho, o problema não for resolvido, procure um médico imediatamente e siga regras básicas de primeiros socorros até chegar ao consultório do oftalmologista.

Para diminuir a dor até o momento do atendimento, mantenha os olhos fechados sem apertar.