Degeneração macular

A Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) é a principal causa de cegueira irreversível em pessoas com mais de 55 anos. Esta doença está relacionada ao envelhecimento e afeta a mácula, parte central da retina responsável pela nitidez, cor e detalhes na visão.

Macular Relacionada


Há dois tipos de DMRI:

DMRI Seca - é a forma mais comum. Pequenos depósitos amarelos, conhecidos como drusas, se acumulam sobre a mácula e podem matar células responsáveis pela visão. Com isso, ocorre uma atrofia da região macular e o paciente tem a visão central afetada com o passar dos anos. Além disso, a condição pode mudar para DMRI úmida.

DMRI Úmida - ocorre em cerca de 10% das pessoas com DMRI e é mais séria que a forma seca, sendo responsável por 90% dos casos de grave perda da visão gerada pela doença. Esta degeneração ocorre quando novos vasos sanguíneos começam a se formar em áreas inadequadas na mácula. Isso causa danos irreversíveis, podendo levar à perda da visão central em um curto espaço de tempo.

Causas:

A DMRI predomina em indivíduos de raça branca e o avanço da idade desempenha papel importante: estudos indicam que de 5 a 10% das pessoas entre 65 e 75 anos e de 20 a 30% das acima de 75 anos são afetadas.

Os riscos adicionais são:

  • Histórico familiar de DMRI
  • Tabagismo
  • Obesidade
  • Estresse
  • Doenças circulatórias (pressão alta, por exemplo)
  • Exposição excessiva à luz solar
  • Falta de vitaminas e minerais antioxidantes na dieta

Se houver a presença de drusas, existe um fator de risco de 10%. Se um olho já sofrer de DMRI, o risco de desenvolver a doença no outro olho é de 10% ao ano.

Sintomas

Nos estágios iniciais da DMRI, o paciente pode não apresentar nenhum sintoma. O oftalmologista geralmente percebe os primeiros indicadores da doença durante um exame de rotina. O exame com o olho dilatado pode detectar drusas ou a presença de vasos sanguíneos anormais.

As drusas frequentemente são o primeiro sinal de desenvolvimento da DMRI. Conforme elas se acumulam, as células que transportam os nutrientes para a retina são afetadas, levando à deterioração da visão.

macular_degeneration2Já que a degeneração macular é parte do processo de envelhecimento, as pessoas experimentam sintomas diferentes. Em alguns casos pode-se observar:

  • Visão embaçada
  • Área escura ou vazia no centro da visão
  • Diminuição da sensibilidade ao contraste
  • Imagens disformes
  • Distorção de linhas retas

Perda da nitidez na visão

Dependendo das áreas atingidas na mácula, a nitidez da visão é reduzida, tornando-se difícil ou impossível ler. Podem também haver perdas no campo visual, que muitas vezes não são percebidas imediatamente. Se toda a mácula for afetada, ocorre a perda da visão central e com isso os pacientes enxergam uma grande mancha opaca no centro da imagem.

Na DMRI seca frequentemente ocorre a perda gradual da nitidez da visão com o passar dos anos.Por outro lado, a DMRI úmida danifica a retina em um período mais curto de tempo. Por isso, a capacidade visual pode diminuir de forma rápida. Um sinal de alerta é a visão distorcida. As linhas retas parecem onduladas, e as letras ficam disformes.

No aparecimento destes sintomas, consulte imediatamente um oftalmologista.

Tratamento

Como as causas da DMRI não podem ser tratadas, a prevenção e o diagnóstico precoce são fundamentais.

Os tratamentos disponíveis podem retardar a perda da visão: o laser pode ser usado na DMRI úmida para cauterizar os vasos sanguíneos doentes. Quando necessário, injeta-se medicação que é ativada pelo laser (terapia foto-dinâmica). Entretanto, a utilização de laser oferece alguns riscos e, por isso depende dos resultados de exames. Pode-se ainda injetar medicações dentro do olho para tentar combater os vasos anormais formados na região da mácula.

As cirurgias são arriscadas e somente consideradas no estágio final. O uso de laser para aquecer os vasos sanguíneos doentes (termoterapia transpupilar) e a terapia genética são temas atuais de pesquisa.

A prevenção é o melhor remédio

Sempre que possível, evite os fatores de risco:
macular_degeneration3

  • Não fume
  • Use óculos escuros
  • Pratique exercícios regularmente
  • Adote uma dieta saudável com bastante frutas, legumes e verduras

Adicionalmente, a suplementação de vitaminas e minerais antioxidantes é hoje um recurso valioso que pode ser recomendado pelo seu médico.

Diagnóstico precoce: visitas regulares ao oftalmologista se tornam mais importantes conforme você envelhece. Uma pequena perda na qualidade da visão já pode ser um sinal do início da DMRI.

Auto-teste rápido

Grade de Amsler
macular_degeneration4
Com a grade acima, você pode monitorar a sua visão para distorção.
macular_degeneration5

  • Se usa óculos para perto, coloque-os.
  • Mantenha o rosto a uma distância de 30 a 40 cm da tela.
  • Cubra um olho e focalize o ponto central da grade.
  • Observe se há irregularidades na grade, como distorções, linhas onduladas, quadrados de tamanhos diferentes ou ausentes.
  • Agora teste o outro olho.

Caso as linhas fiquem distorcidas (como abaixo), consulte o seu oftalmologista.


macular_degeneration6macular_degeneration7



Fotos cortesiam de: National Eye Institute, National Institutes of Health.