Retinopatia diabética

Se você tem diabetes, você corre o risco de ter um nível elevado de glicose no sangue, o que pode danificar os vasos sangüíneos dos seus olhos, resultando em retinopatia diabética.

Os vasos sangüíneos danificados podem deixar vazar líquidos ou sangrar, fazendo com que a visão fique desfocada. À medida que a doença progride, vasos sangüíneos frágeis crescem na superfície da retina. Esses vasos podem se romper, liberando sangue no humor vítreo, ou afastar a retina da parte de trás do olho. Além disso, vasos sangüíneos anormais podem surgir na íris, causando glaucoma.

Quais são os sintomas da retinopatia diabética?

A retinopatia diabética nunca é dolorosa; na verdade, pode ser que você não apresente nenhum sintoma. Ocasionalmente, se houver retenção de líquidos, sua visão poderá se tornar gradualmente desfocada; se houver sangramento, pode ser que surjam pontos ou manchas escuras em sua visão.

Como se pode evitar a retinopatia diabética?

Cuide-se - mantenha uma dieta saudável e faça exercícios regularmente - para reduzir significativamente o risco de uma diabetes ocular. Faça testes de visão periódicos para descobrir a doença em estágios iniciais, facilitando o tratamento e prevenindo complicações.

Casos graves de retinopatia diabética podem ser tratados cirurgicamente.