Testes de visão

A melhor forma de proteger os olhos do seu bebê é através de exames periódicos. Algumas doenças infecciosas, congênitas ou hereditárias podem estar presentes no nascimento ou se desenvolver em seguida. No entanto, se tratadas logo, elas podem ter o impacto significativamente minimizado.

Leve o seu bebê ao pediatra ou oftalmologista para um exame logo após o nascimento e novamente aos seis meses. Depois disso, lembre que os olhos devem ser examinados periodicamente durante toda a vida. Esse é o seu presente para a visão dos seus filhos. Prepare-se para a consulta tendo à mão nossa lista de itens para verificação(7,5 KB, PDF) no teste de olhos e saiba o que esperar durante o exame.

Problemas à vista

Se o seu bebê apresentar qualquer um destes sinais, você deve procurar imediatamente um oftalmologista ou pediatra:

  • perda aparente de visão;
  • olhos desalinhados após o quarto mês de vida;
  • infecções oculares recorrentes;
  • pálpebras avermelhadas, inchadas ou com crostas;
  • olhos inflamados ou lacrimejantes;
  • esfrega os olhos excessivamente;
  • fecha ou cobre um dos olhos;
  • pisca mais do que o normal;
  • aperta uma pálpebra contra a outra e franze a testa.

Cuidados especiais

Alguns bebês apresentam um risco maior para desenvolver problemas oculares e devem ser levados ao médico para um exame de visão o mais cedo possível:

  • bebês prematuros ou com baixo peso ao nascer;
  • bebês cujas mães tiveram problemas médicos durante a gravidez, incluindo rubéola, doenças venéreas, AIDS e uso de drogas ou álcool;
  • bebês com histórico familiar de doenças oculares ou distúrbios oculares congênitos.